Manchas na pele: Os 8 Tipos Mais Comuns e Tratamento

Rate this post

Existem diversos tipos de manchas na pele, porém as mais comuns são as escuras causadas pela exposição solar excessiva ao longo do tempo.

Isso acontece porque os raios ultravioletas estimulam a produção de melanina (pigmento que dá cor à pele).

Porém, alterações hormonais uso de medicamentos e outros fatores também atuam sobre os melanócitos que causam manchas no rosto e no corpo.

Neste artigo ensinaremos como identificar e remover os 8 principais tipos de manchas na pele.

MANCHA NO ROSTO MELASMA

Manchas na pele: rosto

O melasma é um tipo de mancha escura que surge no rosto, normalmente próximo às maçãs do rosto e na testa.

Assim, é muito comum o seu surgimento na gravidez ou na menopausa porque está diretamente ligada às alterações hormonais.

Neste caso as alterações irritam os melanócitos que escurecem determinadas áreas do rosto.

Essas geralmente aparecem ou pioram quando se fica muito exposto ao sol.

Como tratar: Fazer uso diário do protetor solar com o maior fator de proteção possível e evitar a exposição solar prolongada.

Assim como fontes de calor, evitando entrar em carros quentes estacionados ao sol ou usar o forno, por exemplo.

Além disso, pode-se fazer uso de cremes ou pomadas clareadoras.

A hidroquinona pode ser indicada, mas não deve ser usada por mais de 4 semanas.

Outras opções incluem Vitanol A, creme com ácidos como o Klassis, ou o Adapaleno, por exemplo.

Manchas causadas pelo sol

As manchas causadas pelo sol ocorrem com mais frequência em pessoas de pele branca ou morena clara que ficam muito tempo expostas ao sol sem fazer uso de protetor solar.

As partes do corpo mais afetadas são as mãos, braços, rosto e pescoço, e embora seja mais comum seu surgimento após os 40 anos de idade, também podem surgir em pessoas mais jovens.

Como tratar: As mais claras e superficiais podem ser eliminadas através da esfoliação, de 2 em 2 semanas.

Quando existe um número maior de manchas é recomendado consultar um dermatologista para que ele faça um diagnóstico e indique os produtos mais adequados.

Isso é importante, porque quando se tem muitas manchas, existe um risco maior de câncer de pele.

Portanto, somente um médico poderá avaliar se as manchas existentes possuem esse risco ou não.

O uso de cremes clareadores pode ser uma boa opção, mas tratamentos estéticos como laser, luz pulsada e peeling também costumam obter ótimos resultados.

COMPRAR ANTIACNE

Manchas vermelhas na pele

A dermatite que se manifesta através de manchas vermelhas na pele pode ser consequência do surgimento de uma alergia.

Mas também podem causar manchas marrons que coçam e que podem aparecer após ingerir alimentos alergênicos.

Então, camarão, morango, amendoim ou carne suína, por exemplo, podem causar irritações na pele.

Outro fator que pode causar alergia é aplicar produtos cosméticos ou o contato com algumas substâncias contidas em acessórios.

Assim, cremes, perfumes, cosméticos ou determinados objetos como pulseiras e colares entram na lista.

Como tratar: pode ser indicado um creme à base de corticoide 2 vezes ao dia, até que os sintomas desapareçam.

É recomendado consultar um dermatologista para que seja identificada a causa da alergia, de maneira que se possa evitar o contato com o agente alergênico.

Micose ou pano branco

O pano branco, também conhecido como micose, surge devido a uma infecção por fungo que provoca o surgimento de várias manchas esbranquiçadas na pele.

Com o passar do tempo as manchas tendem a se espalhar na pele.

O fungo causador da micose vive na pele humana em quantidade controlada, mas com a queda da imunidade ele se prolifera dando origem a micose.

Como tratar: é indicado um creme antifúngico na área afetada 2 vezes por dia durante 3 semanas.

Quando a área a ser tratada é muito grande, pode ser necessário tomar um antifúngico oral sob indicação médica.

MANCHA NA PELE POR CAUSA DO LIMÃO

Mancha ou queimadura causada por limão

Quando o limão entra em contato com a pele e é feita a exposição solar a pele reage.

Logo, causa uma queimadura ou pequenas manchas escuras na pele chamadas fitofotodermatite.

Como tratar: é recomendado lavar a pele e aplicar um creme com hidroquinona de 3 a 4 vezes ao dia.

Também é bom evitar produtos como perfumes e cosméticos sobre a região afetada.

Além disso, não se esqueça de sempre usar protetor solar.

Manchas de diabetes

São manchas escuras que aparecem ao redor do pescoço, axilas e por baixo das mamas em pessoas que tem resistência insulínica ou diabetes.

Como tratar: deve-se consultar um dermatologista que identificará a causa das manchas e indicar cremes lareadores.

Vitiligo

É uma doença que leva ao surgimento de manchas brancas na pele.

O vitiligo pode surgir em qualquer idade e suas causas ainda não foram identificadas.

Como tratar: é necessário consultar um dermatologista para começar um tratamento indicado com cada caso.

Cremes que uniformizam o tom de pele podem ser indicados, mas é essencial o uso de protetor solar.

ANTIACNE

Manchas causadas por acne

Após o tratamento da acne grave é muito comum que surjam manchas ou cicatrizes na pele.

Essas cicatrizes podem surgir ao manipular (espremer e cutucar) as lesões.

Como tratar: Um bom tratamento para uniformizar o tom da pele é passar óleo de rosa mosquetá, 2 a 3 vezes por dia sobre a cicatriz, evitando a exposição ao sol.

Mas além disso, também é importante manter a oleosidade da pele controlada, com os tratamentos AntiAcne.

Quando a pessoa já não apresenta nenhum cravo ou espinhas podem ser indicados tratamentos para clarear a pele.

Isso inclui o uso de cremes como o AntiAcne, peeling com ácidos, microagulhamento e tratamentos estéticos como laser ou luz pulsada.

Como Prevenir o Surgimento de Manchas na Pele

Os 4 cuidados essenciais para prevenir o surgimento de novas manchas na pele e para evitar que aquelas que já existem fiquem ainda mais escuras, são:

  • Passar sempre um protetor solar com fator de proteção alto antes de sair de casa;
  • Hidratar diariamente a pele de todo corpo e rosto, com cremes próprios para cada tipo;
  • Evitar a exposição solar excessiva;
  • Não espremer espinhas ou cravos, que podem deixar marcas escuras na pele.

Esses cuidados devem ser tomados durante o tratamento de qualquer tipo de mancha na pele.

2 Comments

  1. José Carlos S. Ignácio 31 de maio de 2019
    • Ca Belucio 3 de junho de 2019

Leave a Reply